O piloto faz a diferença

Fernando Alonso e a Mclaren estão sorrindo a toa. O atual bicampeão da F1 conseguiu levar a Mclaren, depois de 21 Grandes Prêmios a o lugar mais alto do podium. Festa para a escuderia britânica, festa também para o novato inglês Lewis Hamilton, que em duas corridas, dois podium (3º em Melbourne e 2º em Sepang).

Fim de semana que mostrou o progresso da Mclaren em relação à primeira etapa. Os ingleses conseguiram diminuir, em muito a distância em relação a Ferrari. A escuderia italiana que dominou todos os treinos, sempre com o Felipe andando a frente do Kimi Raikkonen. O homem de gelo disputou o GP com um motor limitado, com menos potencia em relação ao motor do seu companheiro, devido a um vazamento de água no GP anterior.
Felipe Massa, confiante diante dos resultados obtidos nos treinos, foi confiante na para a corrida, porém errou na largada e assim deixou as duas Mclaren tomarem a ponta do Gp Malaio. Lógico que Alonso e Hamilton também têm seus méritos, principalmente o novato que deu uma aula de pilotagem em Massa – com direito a X e tudo, que na sexta volta, abusou do direito de errar e tornou-se carta fora do baralho. Ali, parecia Felipe o novato e Lewis o veterano.

O brasileiro teve que se contentar com um quinto lugar, muito pouco para quem largou na Pole Position, e ainda viu seu companheiro de equipe Kimi, que não quis andar mais que o carro e assim fez uma corrida burocrática, terminar em terceiro e abrir 9 pontos de vantagem em duas provas. Em duas provas é muito. Não se iludam com o conservadorismo do Finlandês da Ferrari. Com certeza vai continuar na disputa do título

Vamos a alguns Pitacos sobre o Gp da Malásia de Formula 1

> Antes de começar o campeonato, considerava-se a dupla da Ferrari, Raikkonen-Massa, a mais forte da temporada. O noviciado de Lewis impedia que se imaginasse uma performance tão boa logo de cara na parceria com o espanhol Alonso.

> O desempenho da Honda em treinos continua uma lástima. Já estão pensando até em trazer o ex chefão da Ferrari, o Ross Borwn, para a equipe nipônica no próximo ano. Já na corrida, grande desempenho de Rubens Barrichello que largou na última posição e conseguiu levar “tartaruga” da Honda ao 11º lugar. Não marcou pontos, mas mostrou estar competitivo nas lutas por posições. Precisa melhorar muito para voltar a sonhar com dias melhores nesta temporada.

> Nico Rosberg merecia terminar a prova nos pontos. Quebrou no finalzinho quando brigava pelo 7º posto na prva. Webber, assim como Rubens, largou lá detrás. Chegou em 9º e por pouco não pontuou.

> A Renault continua lutando com a adaptação aos compostos da Bridgestone. Fisichella fez uma grande largada, pulando de 12º para 8º na primeira volta. No campeonato está com 7 pontos ao lado de Massa. Já seu companheiro Kovalainen, mais uma vez, errando bastante, mas pelo menos pontuou.

> A BMW, outra vez aparecendo na frente. Continua tendo apenas a força do Nick heidfeld. O Polonês Kubica não é nem sombra do que ele mostrou no final da temporada passada.

Já em relação a transmissão da Rede Globo… Para eles brasileiro não erra, mas arrisca demais. Se não consegue ultrapassar é culpa da F1 atual ou está com seu desempenho limitado pelo piloto que está a frente. A corrida teve um monte de ultrapassagens, mas o Massa não errou, o lado da pista em que ele tentou ultrapassar estava muito sujo, etc e tal. Muito blá, blá, blá e ainda tiveram a cara de pau de dizer que o Felipe “mostrou uma fórmula 1 diferente dos último anos”. Calma né Galvão. É só procurarmos no You Tube que acharemos disputas recentes tão emocionantes quanto a Lewis Hamilton e Felipe Massa.

Parece que eles são obrigados a falarem o que falam. A audiência não vai subir ou cair se o narrador for realista o bastante para dizer o que realmente aconteceu. Estendi-me sobre TV, mas é algo que me incomoda. Não só pela Fórmula 1. Por tudo. Comento isso em meu trabalho final da faculdade de jornalismo, a temida monografia. Na Globo, por exemplo, não houve superfaturamento de obra nenhuma dos Jogos Pan-Americanos, o orçamento não estourou, o fato de os ingressos não serem numerados não quer dizer nada, está tudo lindo, maravilhoso. Não existe jogo ruim para Vênus prateada. É uma emissora que presta vários desserviços a quem a assiste, leia-se quase metade da população brasileira.

E para finalizar… o piloto ainda faz a grande diferença.

Informou: Cevada Buster TM
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s