A gente se vira como pode


Apesar de pouco comum, não foi a primeira vez que a Rede Globo, detentora dos direitos de Transmissão da Formula 1 em TV aberta no Brasil, deixou de transmitir ao vivo uma vitória brasileira na categoria.

Domingo, durante o Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1, muitos telespectadores ficaram a ver navios, ou melhor, ficaram assistindo à missa que o Papa Bento XVI celebrava em Aparecida do Norte. A transmissão foi interrompida com 1h de prova e danem-se os telespectadores.

Eu me preparei e durante a semana que antecedeu o GP. Me informei com amigos blogueiros e jornalistas sobre alguns programas que transmitem ao vivo os sinais de outras emissoras de TV de todo mundo via web. Utilizei o Sopcast, que me proporcionou novas emoções em estar usufruindo de uma nova mídia.

O canal escolhido foi o Speed Channel, dos EUA. Só que durante a transmissão, vários intervalos comerciais atrapalham a transmissão. Troquei de canal e coloquei no CCTV, canal estatal da China. Tudo maravilha. Imagem, o delay era de apenas 1 volta (muito bom para web ao vivo). Mas a locução… me fez sentir falta do Galvão Bueno.

Acompanhado também pelo Oficial F1 Live Timing, tempos em Real Time e ouvindo a rádio Globo com comentários de Celso Itiberê e os comentários do site Grande Prêmio do Flavio Gomes. Totalmente multimídia.

Voltando ao assunto inicial. Em 1986, a emissora não exibiu o GP dos EUA, priorizando a partida de futebol entre Argentina e Inglaterra, válida pelas quartas-de-final da Copa do México. O Brasil viu a vitória de Ayrton Senna, a primeira na qual ele ergueu a bandeira brasileira, em compacto logo depois do jogo.

Em 1989, a bandeirada do extinto GP de Portugal teve de dar lugar à propaganda eleitora gratuita para eleição presidencial do mesmo ano.

O GP A transmissão do GP do México de 1990 foi interrompida nas últimas voltas, logo após o abandono de Senna, para dar lugar do jogo Alemanha x Holanda, válido pelas oitavas-de-final da Copa da Itália.

Em 1997, a largada para o GP da Hungria foi perdida, pois a Globo mostrava o “disputadíssimo” amistoso entre Brasil x Coréia do Sul.

Em 2004, o Gp da Bélgica também foi exibido em VT. A F1 deu lugar a decisão da medalha de ouro do Vôlei nas olimpíadas de Atenas.

E em 2005 o GP dos EUA deu lugar ao jogo Brasil x México válido pela Copa das Confederações. Esse foi o grande prêmio de 6 carros devido o ausência da Michelin em razão de segurança.

Já quem teve a paciência de esperar o compacto do resto do GP da Espanha que não foi exibido ao vivo pela TV só ouviu o tema da vitória que caracteriza os triunfos dos brasileiros 2h e 12 minutos depois do fim da corrida.

Às 10h36 (de Brasília), Felipe Massa cruzou a linha de chegada para sua quarta vitória na categoria. Às 12h48, a música foi tocada na transmissão da Rede Globo.

Informou: Cevada Buster TM
Anúncios

2 respostas em “A gente se vira como pode

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s