Pechincha Tupiniquim

20121122-161115.jpg
O jornalista Fábio Seixas sobre os valores cobrados pela EMBRATEL no fornecimento de Internet na sala de imprensa de Interlagos: “Um despropósito. Um absurdo. Um roubo. Um achaque.” Não entendeu tamanha revolta? Explico.

Durante os cinco dias de trabalho na cobertura do GP Brasil de F1, jornalistas estão desembolsando até 730 Dilmas por uma conexão a cabo de 1 mega. Por uma conexão WiFi de 2 mega – do qual só recebem 600 kbps, 170 Dilmas. Jornalistas estrangeiros garantem que essa é a Internet mais cara da temporada de F1. Vale ressaltar que em alguns circuitos, a conexão é de graça.

Ah, meu Brasil brasileiro…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s